Category Archives: Viagens Brasil – Trips & Pleasure

Capítolio – 20 a 22 de Maio de 2016

CAPITÓLIO

20160521_105555

Foi uma incrível descoberta esse lugar. Um lago formado pela água represada de Furnas, com lindas cachoeiras, lagos e bares flutuantes. Super recomendo.

img_6950 20160522_143616

Capitólio se localiza em Minas Gerais na Serra da Canastra (Exibir mapa ampliado ). Seguem algumas distâncias que podem ajudar: Belo Horizonte MG…..290 km; Rio de Janeiro RJ……..620 km e São Paulo SP………….475 km.

 crbst_mapa_de_estradas_canastra0

Fui de excursão com o Pé na Trilha do Bruno Alvar um dos donos. Super recomendo, eles fazem muita viagem maneira, dá uma olhada no Face:

 https://www.facebook.com/PeNaTrilharj/ 

https://www.facebook.com/groups/239491702845963/

1o. Dia – Iniciamos o dia com um passeio de lancha partindo do ancoradouro às 8h. O passeio ocorre dentro da Represa de Furnas. No ponto de saída tem o restaurante O Turvo. Onde tem uma lojinha de souvenir e o próprio restaurante.

Tem pratos grandes para mais pessoas que não compensa, mais pro final do cardápio tem pratos comerciais que dão pra duas pessoas e é a mesma comida dos pratos grandes e sai quase a metade do preço. Fica a dica. Lugar simples mas comida boa e barata.

O passeio de barco gira em torno de 3 h de duração, e custa em torno de R$70,00 por pessoa. É possível alugar uma lancha para sair do passeio padrão, mas fica super caro. A lancha sai quase R$2,000 + Gasolina e Piloto. Sai num total de quase R$3,000. Barco para 10 a 15 pessoas. Capitólio está na moda então os preços seguem a demanda. Nos falaram que no verão o lago fica insuportável de cheio.

Me parece que é um local novo e que estão descobrindo o potencial turístico agora, então a minha sensação foi de crescimento sem uma ordem de proteção ao local. Espero que isso mude pois o local é lindo demais para estragarem como já vi muito acontecer no Brasil. Muitos loteamentos ao redor do lago, inclusive em pequenas “ilhotas”.

Levem casaco, não sei no verão, mas fui em maio e o dia estava chove e faz sol ao mesmo tempo, fez muito frio na lancha. Acho que vale levar um casaco ou uma blusa seca.

Rio Grande

 

13235213_1043545652404346_8792366639965310282_o

Vale dos Tucanos

img_6984

fb_img_1464046547799

25c03211-5072-4c4f-9234-2c8979255bbb

Cascatinha

20160521_104833

ab3c0f49-d12b-4d54-b173-cc46ad7cc156

 20160521_104917
Canyons & Cascata dos Canyons

20160521_110542 20160521_112950

 fb_img_1464046604447

13239104_1043548045737440_8615156053727267419_n

13246149_1043821079043470_8652635800051525395_o

Tem passeios mais baratos mas são feitos em barcos maiores que não chegam próximos a Cascata. Bem turistão! Com a lancha chega mais perto da cachoeira e é mais privê.

20160521_112942

13248564_1043820845710160_6580452317344783608_o
Lago Azul

Uma cachoeira que deságua no Lago de Furnas com um restaurante flutuante. Paga-se R$10,00 por pessoa para subir até a cachoeira. Vale a pena! É linda.

20160521_113301

13239256_1043547082404203_2994470475642045317_n

Tem um 2o. andar com a vista de cima.

13301308_1043821992376712_2799966295083363785_o
12:30 as 14h – Almoco – No Restaurante O Turvo. Muito bom! Pagamos em torno de R$30,00.

Mirante dos Canyons

img_7025

13269259_1043539595738285_1578265787403667697_n 13235285_1043542209071357_5812216720976534720_o 13246419_1043822209043357_8037747140629526991_o Vista da Cascata dos Canyons vista de cima do mirante.img-20160403-wa0046 Vista da Cascatinha vista de cima do mirante.img-20160403-wa0045
15h as 17h – Fomos no Cascata Eco Parque. é uma propriedade privada onde tem uma rota que dá uma volta em torno da propriedade. Não é tão bonito quanto o passeio pela manhã mas é cachoeira e natureza. Encanta também além de bem agradável.

img_7040

785f53f0-f972-4c17-8184-2f64bbbe1a1d

img_7064

fb_img_1464061213053

Chegamos ao Hotel Cyrilo´s Palace Hotel por volta das 18h. Hotel simples mas nada a reclamar. Pelo contrário, os recepcionistas super prestativos. Ficamos em quarto triplo. O Hotel não oferece normalmente refeições à noite, mas como havia um grupo eles abriram a cozinha, então chequem primeiro essa informação.

A cidade é bem pequena. Só tem movimento à noite ao redor da Praça principal. Mas tem um quiosque que vende pastel. Uma pizzaria e uma cervejaria de cervejas especiais. Não tem muito mais que isso. Mas o hotel fica a uns 10 minutos andando da praça.

2o dia – Às 8 h partimos para a Trilha do Sol. Lugar lindo! Vale a pena. Ingresso R$35,00 por cabeça e o almoço, que é maravilhoso, R$30,00 por pessoa e é self service. Come a vontade. Tem queijo caseiro vendendo lá, super recomendo comprar, o preço de uma peça saiu R$28,00.

20160522_085730-copia20160522_085846

20160522_092835

Cachoeira no Limite

img-20160523-wa0052

20160522_094606 20160522_095041

8909dac4-45a6-403e-aff5-688d4f71798a

Cachoeira do Grito

20160522_104649 20160522_10482194d31f58-b188-43eb-8a2f-49b4bbe79b9d

whatsapp-image-20160526-1

20160522_112030 437b58cd-8251-4560-9c65-408898fee74b

12:30 h retornamos para o almoço. e às 14 h retorno ao Rio. São umas 11 h de ônibus. É uma longa viagem mas valeu cada minuto dentro do ônibus. Sugestão para quem está indo por conta própria é ficar uns 5 dias para conseguir visitar tudo que tem lá.

Vista do restaurante da Trilha do Sol.

img-20160523-wa0040

5c2ad63f-064f-4284-8f3e-4d30a7aa6955

Image

ROTA DAS EMOÇÕES – LENÇÕES/ DELTA DO PARNAÍBA/ JERI – 11 DIAS/12 NOITES

ROTA DAS EMOÇÕES – De 09 a 23 Outubro 2015

IMG_3167

SÃO LUIS

Voo Rio-São Luis com conexão em Guarulhos pela Gol, voo perfeito sem atrasos, decolamos do Santos Dumont às 20:40h e chegamos 03:30h em São Luis.

 IMG_2959

 São Luís Táxi Aeroporto/Calhau R$60,00. Preço tabelado se contratar dentro do aeroporto. Hospedagem – Hotel San Fernando (R$240,00 a diária quarto quadruplo. R$20 a mais dia pela 5a. pessoa) em Calhau.

IMG_5298IMG_5299

A ideia da hospedagem neste hotel era evitar ser necessário pegar táxi para ir a praia. Eu havia lido em outros blogs que Calhau era a melhor praia para banho. Na minha opinião Calhau é um pouco longe comparado com praias anteriores e achei cara. Aliás achei o Maranhão bem caro de um modo geral.

Se você estiver viajando de carro ou alugando um, ficar em Calhau pode ser uma boa pedida. No Centro é mais fácil de pegar táxi, tem um maior número disponível, mas na praia não tem tanta oferta de táxi como no Rio, que acenou a mão tem 1 táxi encostando.

A praia é composta de uns 2,5 km de litoral e tem vários nomes. Quanto mais perto do Centro mas perigoso. Perto do Centro é possível ver um por do sol lindo de frente pra praia. Venta muito na praia sendo quase impossível estender uma canga ou comer algo na areia. Ficamos na barraca Henrique. A cerveja rola nas mesas na areia, mas quando for comer, a sugestão é subir para as mesas do Bar no nível da calçada, se não aposto que comerá areia junto com a comida. Comida cara e não é farta.

IMG_5281 IMG_5279 IMG_5282 IMG_5283

Fomos visitar o Centro Histórico somente no final do dia. Gostaria de ter tido mais 1 dia em São Luis para poder “futucar” o Centro e seus atrativos. Achei os casebres e os azulejos mal cuidados e sem preservação. A informação que recebemos foi que o Centro funciona até 20 h, mas tem alguns atrativos a noite que continuam abertos. Mas fique ligado pois é uma mistura só, mas bem policiado.

IMG_20151010_175510133 IMG_5284         IMG_5285IMG_5296 IMG_5295 IMG_5293IMG_5292

Jantarzinho no Restaurante d´Antigamente na esquina mais concentrada do Centro da Cidade. Comida boa, farta mas cara.

IMG_5288IMG_5289IMG_5290IMG_5287IMG_5286

Táxi roteiro Calhau-Centro custou R$42 na ida e R$37 na volta. Os ônibus em São Luis são bem furrecos e os táxis de um modo geral também mas aceitam levar 5 pessoas, você só precisa definir quem sentará no colo de quem.

LENÇÕES MARANHENSES

IMG_5346

SÃO LUIS/SANTO AMARO

A rota para se chegar a Santo Amaro de São Luis é via Sangue normalmente, a nossa foi via Rosarinho. Existem 2 tipos de traslado:

O transporte que a população de um modo geral usa e os turistas se aproveitam (R$60 – São Luis/Santo Amaro via Sangue), e claro é a forma mais barata para se viajar. Vai de van até Sangue, esse trecho dura em torno de 2:30 h pela estrada, em Sangue troca para uma jardineira que irá levar mais 2 h pela areia.

IMG_5736

A outra opção é alugar uma Hilux 4 x 4 com snorkel e nesse caso a viagem leva em torno de 4h (R$600,00 o carro até 4 pessoas). Normalmente a pousada faz este serviço.

Todos os dias por volta de 3:00 h, as vans  passam no aeroporto para buscar quem está chegando no voo da madrugada (Rio e SP) indo direto para Santo Amaro ou Barreirinhas. Eles perguntam para onde você está indo dentro do aeroporto como se fosse lotada, e na realidade é. Se você vai para Lenções saindo de alguma pousada ou hotel em São Luis, eles irão passar primeiro nos hotéis para depois passar no aeroporto, então calcule pelo menos 1h para conseguir sair de São Luis e pegar estrada.

Tivemos uma certa dificuldade de conseguir o traslado pois nosso roteiro começava no domingo, e aos domingos não tem a jardineira saindo de Sangue e indo para Santo Amaro. Existe duas saídas por dia de São Luis para Santo Amaro e Barreirinhas: Às 2:30 h e às 13:30 h, menos aos domingos onde a saída é às 11 h somente. Como o traslado dura ao todo por volta de 5 a 6 h, sair às 11 h tem como resultado praticamente perder um dia viajando.

Ligamos para o Denilson e enchemos tanto o saco dele que ele conseguiu o traslado saindo às 2:00 h (Marcado às 2:00 h no hotel, que só apareceu às 3:00 h). A única diferença foi que tivemos que alugar uma Hilux de Rosarinho até Santo Amaro pois não tem jardineira aos domingos (R$250).

Quem nos buscou no hotel foi o Guilherme (via aeroporto) que nos deixou no trevo de saída de São Luis para Barreirinhas, onde trocamos para a van do Paraíba. Van mega apertada pois estava cheia. Dica do dia: Sentar se possível nos bancos do corredor, tem mais espaço principalmente para os homens. Os últimos bancos lá atrás não reclinam, então fuja deles. São 2:30 h de viagem de São Luis até Rosarinho.

IMG_5302

Nosso roteiro São Luis/ Santo Amaro: De São Luis até Rosarinho em van, em Rosarinho troca para a Hilux privativa até Santo Amaro (R$90,00 por pessoa). O preço da Hilux é sempre pelo carro e não por pessoa (Preço R$250,00 Rosarinho/Santo Amaro). O preço da Van São Luis/Rosarinho foi R$40,00.

Rosarinho/Santo Amaro

IMG_5304 IMG_5306 IMG_5314 IMG_5324 IMG_5326 IMG_5329 IMG_5330 IMG_5332 IMG_5342

Depois descobrimos que o Denilson (98 98808-9190/ 98 99148-8904/ 98 98488-6346) atende por Whats up mais fácil que por celular, eles passam o dia dirigindo, só a noite conseguem falar, após às 19 h. Ele tem uma agência em Santo Amaro e pelo que pude perceber, traslado de São Luis no quesito viagem mais barata é com ele. Só fique esperto pois quem nos levou de van foi o Paraíba, um outro motorista, que na hora que saltamos em Rosarinho quis cobrar R$45,00 ao invés dos R$40,00 preço que o Denilson nos havia passado. Dica do dia: Sempre confirme as informações e valores. Pagamos os R$40,00 e o Paraíba ficou esbravejando…..

SANTO AMARO 

Saimos às 3h de São Luis e chegamos 8h em Santo Amaro (1:30h Rosarinho/ Sto Amaro). Quem nos buscou em Rosarinho na Hilux foi o Cleyson (98 99913-6510/ 98 98898-9675), um guia super gente boa, super indico. Fizemos todos os passeios em Santo Amaro com ele.

Carro para Santo Amaro tem que ser um carro 4 x 4 que tenha snorkel (cano de descarga com saída pro céu), pois passa por dentro de 3 riachos e se for um 4 x 4 normal vai dar ruim.

No mesmo dia em que chegamos, já deixamos agendado o passeio à Lagoa das Andorinhas para às 15h. Passeio Lagoa das Andorinhas passando pela Lagoa da Gaivota com pôr do Sol na Duna.

Fomos almoçar na beira do Rio até o horário do passeio.    IMG_5350 IMG_5354 IMG_5361 IMG_5363 IMG_5369 IMG_5392 IMG_5393 IMG_5394Saímos às 15h de Santo Amaro para a Lagoa das Andorinhas.

Lagoa das Andorinhas e Por do Sol

IMG_5413  IMG_5417 IMG_5427

IMG_3162 Lagoa da AndorinhaIMG_5453 IMG_5462 IMG_5468 IMG_5471 IMG_5480 IMG_2965

às 17:30 saímos de Andorinhas para as dunas para ver o por do sol

IMG_5504IMG_5485  IMG_5505 IMG_3163

e retornamos às 18h para Santo Amaro. Preço R$30 por pessoa.

A Lagoa da Gaivota estava praticamente vazia, mas ela fica bem perto de Santo Amaro, dá pra ir a pé, mas não consigo me imaginar andando nem 20 min naquele sol de rachar o quengo e aquela areia fina e fofa. Conselho pague e vá de patrão. E eu amo andar, troco sempre o carro pelos pés.

Santo Amaro é uma cidade rústica,

IMG_5344

tem em torno de 2.000 habitantes e é cercada por dunas. Não tem uma padaria, andamos a cidade toda atrás e cada um dava uma informação diferente. Depois descobrimos que a padaria lá é chamada de panificadora, por isso a dificuldade de encontrar e mesmo assim, na verdade era um mercadinho. Ele aluga quartos também, total diversificação do negócio. Me disse que os quartos tem vista para as dunas, não chequei. (Panificadora e Delícia Shalon – 98 9748-0267/ 98 9606-8895).

IMG_5347 Em Santo Amaro só tem pão doce e uns pães estilo pão de leite. Esquece pão de forma.

Hospedagem Pousada Bellas Águas. Super bem localizada há umas 4 quadras da Praça central e 3 quadras do Rio. Ficamos em um quarto quíntuplo 4 camas de solteiro e um colchão de casal no chão. Ar condicionado e um bom café da manhã. Foram dois pernoites a R$610 quarto quíntuplo o período. Elaine a dona, super gente boa (98 98840-2065).

Em Santo Amaro esquece internet. Só a Pousada Paraíso (Sem certeza do nome) tem internet, e é a situação mais engraçada pois a noite fica cheio de adolescente e turista na porta pra usar a internet da pousada, hilário!! A pousada empresta a senha… Coisas de interior! Esqueça cartão de crédito e banco por aqui!

Jantar – Pousada Cajueiro pizzaria, na rua da Pousada Bellas Águas. Boa mas nada demais.

IMG_2969

O passeio do 2o. dia (Preço por pessoa R$50 – Preço do carro R$250,00) foi uma visita à Betânia e na volta parada na Lagoa de Murici.

Outubro não é a melhor época para visitar os Lenções, as Lagoas estão todas praticamente secas, somente as maiores ainda tem água. Melhor época é final de julho e agosto, as chuvas começam em maio/junho. Chegar lá com nome das Lagoas que quer visitar por indicação, dependendo da época é inútil pois muitas podem estar secas.

O caminho é por dunas e muita areia até chegar no vilarejo de Betânia. Gastamos em torno de 1 h de viagem até chegar lá.IMG_5541 IMG_5548 IMG_5549 IMG_5554 IMG_5559

Em Betânia visitamos o rio Betânia,

IMG_5567 IMG_5570 IMG_5574  IMG_5578 IMG_5581

a lagoa Betânia

       IMG_5583 IMG_5586 IMG_5589 IMG_5594 IMG_5595 IMG_5599 IMG_5609

e a cidade que tem 4 casas.

IMG_5561 IMG_5562  Vilarejo de beira de rio. Sobe o Rio Betânia para conhecer a Lagoa Betânia. Linda! E enorme. Tem a forma de uma ferradura mas se não caminhar nas dunas não consegue-se perceber isso. Passeio de barco R$10.

IMG_5636 IMG_5640

Almoço R$25 no Recanto da Felicidade. Comida à Vera.

Na volta fomos à Lagoa Murici. A mais linda de todas sem dúvida! Foi muito bacana esse passeio. Vale cada centavo pago.

IMG_5643 IMG_2978 IMG_2981 IMG_2986 IMG_2989 IMG_3006 IMG_3007 IMG_3011 IMG_3013  IMG_3038IMG_5645      IMG_5711 IMG_5709IMG_5685 IMG_5693IMG_5708IMG_5720IMG_3176IMG_5654IMG_3051IMG_3065 IMG_3040 IMG_3155 IMG_3177 IMG_3174IMG_3067

Retorno para casa… IMG_5732 IMG_5731

No dia seguinte era dia de partir, o roteiro foi desenhado para seguir direto para Atins pelo Parque. Chegando lá vimos que esse trajeto é um roteiro rotineiro, mas é proibido. Não pode entrar carro no Parque muito menos andar pelas dunas com 4 rodas. Somente os carros de moradores de Queimada dos Britos, tem essa permissão, a única cidade dentro do Parque dos Lenções Maranhenses.

Para evitarmos ressaca moral, decidimos executar o plano B do roteiro que era via Barreirinhas. Não podemos criticar quem rouba ou faz negociações escusas e na hora de fazermos escolhas corretas, escolhemos o lado negro. Então galera… Se não pode carro pelo Parque, não façam por favor!!

Mas seguem as informações anyway: O preço varia de R$600,00 a R$700,00 e o passeio só é feito com um guia local e acostumado com as dunas, fora o dono do carro. Como a areia é muito fina e super branca, o olhar se perde e cria-se miragens. Quem não conhece corre o risco de se perder ou até cair nos abismos das dunas. Achei bem tenso andar pelas dunas por muitas vezes.

BARREIRINHAS

3o dia transfer Santo Amaro Barreirinhas (R$70) executando o plano B da viagem c/ Cleyson, saindo às 09:00 h. Vai de Hilux direto Rosarinho/Barreirinhas. Ficamos um pouco preocupados pois é um carro aberto na auto estrada, IMG_5734  mas percebemos que todos fazem. A verdade é que não tem muito jeito, ou vai direto e leva em torno de 3h, ou vai de Hilux até Rosarinho, salta e pega um ônibus e sabe-se lá a que horas irá chegar em Barreirinhas. Desistimos de nossa preocupação de segurança, quando pensamos na possibilidade de mofar em Rosarinho esperando por uma condução fechada e se duvidar seria em piores condições.

IMG_5737

Chegamos em Barreirinhas por volta de 12h.

IMG_5738

O preço do Sobrevoo custa R$300 conseguimos por R$270 por pessoa, voo pra 3 pessoas, e ainda choramos para pagar no cartão. Fizemos c/ a Voe Ava (98 98767-8140/ 98 98287-1854/ 98 99141-0793 – www.voeava.com.br), super firmeza na agência e nos donos. Espetacular o passeio, super indico!! São 30 min de sobrevoo iniciando em Barreirinhas e sobrevoando o mesmo caminho que o Rio Preguiças. Passa pelo Farol de Mandacaru, Pequenos Lenções, Caburé, Atins, e Grandes Lenções. Foi bem legal pois foi exatamente o roteiro que fizemos por terra posteriormente, ou melhor de voadeira depois.

IMG_3085 IMG_5739  IMG_3102  IMG_5746 IMG_5749 IMG_3110 IMG_3168IMG_3112 IMG_3113IMG_5754Caburé…IMG_3117 Atins…  IMG_5761IMG_3111 IMG_3115 IMG_5763 IMG_5765 IMG_5766 IMG_5767IMG_3142

ATINS

Fechamos o transfer para Atins com Voadeira a R$350,  Barreirinhas/Atins privativo 5 pessoas subindo o Rio Preguiça.  IMG_3254IMG_5770IMG_5773 IMG_6284IMG_5776 IMG_5784  Primeiro ponto é o Farol de Mandacaru, não foi possível saltar do barco pois fecha no horário de almoço, mas acho que eu não faria questão.

IMG_5824 IMG_5827 IMG_5830

 Depois para em Vassouras = “Pernilongo Bay”, carinhosamente apelidada por mim (Passe dose dupla de repelente, 50.000 mosquitos por M2. Tinha 2 min que desci do barco quando olhei já tinham 3 mosquitos na minha perna daqueles pretos de selva). Tem macacos lá para visitar, nada que já não encontremos no Parque Laje aqui no Rio de Janeiro. Para estrangeiros e crianças entendo que seja uma atração a parte. Tem umas pulseiras bonitas lá para comprar.

IMG_5786 IMG_5789 IMG_5795 IMG_5797 IMG_5798 IMG_5806

Paramos em Caburé para almoço.

IMG_5833 IMG_5835 IMG_5836Paramos na Cabana do Peixe e melhor de tudo, aceita cartão…

IMG_5845 IMG_5870 IMG_5838 IMG_5842 IMG_5844 IMG_5851 IMG_5873IMG_5871 IMG_5841 IMG_5877 Se liga!! Nesse roteiro, poucos lugares tem banco e mesmo assim só Bradesco e Banco do Brasil. Caixa eletrônico? Esquece! Só encontramos em Parnaíba. Saimos de Barreirinhas por volta de 13:30h, e chegamos em Caburé por volta de 15h. Almoçamos e por volta de 17:30h fomos rumo à Atins.

Chegamos no “Porto” e ninguém nos esperava.

IMG_5890 IMG_5898 Precisa avisar a Pousada o horário que você irá chegar em Atins pois a praia onde a Voadeira lhe deixa fica há mais ou menos 500m da cidade mas é em areia fofa então dependendo do horário e quantidade de malas pode ser dureza andar.

IMG_3151

IMG_3148  Seu João foi nos buscar…

IMG_5906 IMG_5910 IMG_5911

Nossa hospedagem foi na Pousada Nativa. Seu João é o dono, e ele cobra o quarto (R$200), independente se tem 2 ou 3 pessoas. A pousada é simples mas super bonitinha, mas não tem laje, só o teto de telha então todo mundo se mete na sua conversa kkkkk

 IMG_5919 IMG_5916 IMG_5915 IMG_5913 IMG_5912 IMG_5914 IMG_5918

Atins é muito rústica, luz à noite somente das casas e pousadas então fica sob penumbra nas ruas. As ruas são pavimentadas com areia fofa, então prepare a panturrilha. O único bar que fica aberto até o último cliente, ou seja, a Noitada acontece em uma barraca no início da areia da praia. A responsável é a Rose, Barraca do Louro. Super inusitado!

IMG_5929Ela super arrumada e a barraca vazia. Falaram que só tem gente aos finais de semana, mas a qualquer dia, caso algum cliente apareça e ela esteja dormindo, ela acorda e abre a barraca. Super engraçado.

IMG_5925 IMG_5924 E toca o melhor forró da região. Achas que é Forró Sertanejo ou Forró Universitário? Nãoooo. É Forró do Maranhão!! Só escutando pra ter ideia, ou melhor, dançando. Leve lanterna, a volta pra casa é no breu total até chegar na rua principal!

As Lagoas em Atins estavam secas, então no 4o dia ficamos na praia em frente a cidade

IMG_3192 IMG_3193 IMG_3197 IMG_3206 mas contratamos um traslado para nos levar para almoçar no Antonio (R$30). É super rápido o caminho, uns 20 min.

IMG_3210 Mas se liga no preço, queriam cobrar da gente R$60 que é o preço do passeio completo que leva o turista na Lagoa caminhando pela duna e depois leva pra almoçar ou no Antônio ou na Luzia, restaurantes super famosos da região. Com as Lagoas secas queriam nos levar pra caminhar nas dunas e depois levar pra almoçar pelo preço cheio. O prato no Antônio custa em média R$80 mas servem 3 pessoas fácil.

Escolhemos almoçar no Antônio por que nos disseram que por problemas pessoais a Luzia estava deixando o restaurante cair a qualidade. Não sei se essa informação procede, mas depois que eu soube que o camarão na Luzia vem servido sem casca e no Antônio conforme comemos vem com casca, me arrependi de não ter ido na Luzia. O Antônio é marido da ex cozinheira da Luiza, falam as más línguas.  IMG_3220 IMG_3217 IMG_3218 IMG_3219 IMG_3222

A Noite fomos almoçar no restaurante da Pousada Maresias. Existem duas Pousadas Maresias em Atins, não me pergunte o por que, não consegui descobrir a diferença. Esse restaurante que fomos é na Pousada Maresias q não é na frente da Pousada Nativa. Restaurante La Pizza.

IMG_3245 IMG_3248 IMG_3249 Maneiríssimo!!!

Vamos passear de barco? IMG_3238 IMG_3240

Um barzinho na beira da praia em formato de barco. Um luxo e com uma música ao fundo que cria o clima kite de ser….

5o dia, hora de dizer tchau!! Roteiro técnico: Atins/ Caburé (Barco), Caburé/Paulino Neves (4 x 4) e Paulino Neves/ Tutoya em ônibus. Nós combinamos no final Caburé/ Tutoya, fomos de 4 x 4 até Paulino Neves e de Paulino Neves a Tutoya fizemos em 2 carros pelo número de pessoas que éramos (R$350).

Fui embora com o coração apertado. Gosto de lugares rústicos e queria conhecer mais o local. Amei Atins! Praia linda  e super invadida pelos Kitesurfistas. Mas se você gosta de conforto, espreguiçadeira na praia, ruas asfaltadas… Não vá para Atins.

Pelo menos não na época de seca que não tem passeio, creio que você não vai gostar, realmente lá é bem roots. Mauricinhos e patricinhas genéricos fiquem longe, vão odiar…

Pegamos o barco em direção à Caburé (R$30 p/ pessoa), em Caburé tinha um 4 x 4 nos esperando para nos levar até Tutoya no Piaui (Pela areia até Paulino Neves). Saímos de Atins às 9:00 h. Quem conseguiu esse traslado foi a Dona Rita da Pousada Tia Rita (98 9993-7537), foi a mesma que fez o transfer para o almoço no Antônio. Tive a impressão que essa Tia Rita é o canal em Atins.

Atins/Caburé/Paulino Neves

IMG_5944IMG_5948 IMG_5953

O Seu João da pousada disse que não poderia nos levar até o “Porto” pois para nos buscar, já teve que alugar o quadriciclo naquele dia, fato que o quadriciclo não saiu da porta da pousada, mas decidimos deixar pra lá. Mas com as malas ficava difícil caminhar até o “Porto”. Negociamos uma cortesia até o Porto na jardineira da Tia Rita,  já que estávamos fechando o transfer Atins/ Tutoya todo com ela. Resolvemos nosso problema.

TUTOYA/ DELTA DO PARNAÍBA

Chegamos por volta de 13h em Tutoya.

IMG_5958 IMG_5960Deixamos combinado o transfer Tutoya/ Barra Grande por R$450,00 com os dois carros via estrada para 18h.

Fomos fazer o passeio de barco no Delta do Parnaíba (R$400 chorado) pelo lado Maranhense e menos conhecido. Até um ano atrás Tutoya era igual a Santo Amaro, só se chegava por areia de 4 x 4.

O passeio teve que ser encurtado por causa do horário, mas visitamos a Ilha do Caju, Ilha das Melancieiras, Ilha do Cajueiro e revoada dos guaras, passando pela Praia da Andreza. Lindo, muito maneiro.

IMG_5961 IMG_5975 IMG_5979 Praia da AndrezaIMG_5981 IMG_6032 IMG_6040 Navio naufragadoIMG_6058 IMG_6059 IMG_6072

1a Parada: Almoço!

Almoçamos em uma Ilha no Delta, comida boa e bem servida. IMG_5989 IMG_5991 IMG_5996 IMG_5999 IMG_6001 IMG_6002 IMG_6006 IMG_6009 IMG_6025 IMG_6031

Ilha do Caju IMG_6079 IMG_6089 IMG_6093 IMG_6095 IMG_6107 IMG_6108 IMG_6109 IMG_6113 IMG_6132 IMG_6139 IMG_6151 IMG_6154 IMG_6156 IMG_6157 IMG_6162 IMG_6169 IMG_6173

A lancha atravessa por dentro de um Igarapé, bem perto das raízes.

IMG_6225 IMG_6226 IMG_6228 IMG_6232 IMG_6234 IMG_6236 IMG_6203

Super interessante. A Ilha do Caju com dunas fantásticas é o Alto do passeio. Os famosos Guarás, parecem bolas em Árvore de Natal.

 IMG_6188 IMG_6192 IMG_6195

Caminho para o Por do Sol

IMG_6212 IMG_6239 IMG_6209 IMG_6240 IMG_6260 IMG_6266 O cachorro toma conta da Ilha e é bravo!

No caminho Júnior o dono da lancha (Tels: 98 99909-2945/ 98 98908-6313/ 98 98140-4075) nos disse que no dia seguinte teria que ir à Parnaíba e que poderia fazer um preço camarada para nos levar, fechamos por R$200 (Anteriormente havia cobrado R$800). Cancelamos o traslado que já tínhamos contratado anteriormente. Claro que o cara não gostou tanto, mas nosso objetivo era transformar os traslados em passeios e com esta oportunidade iríamos conhecer o lado do Delta no Piauí mesmo que de passagem.

Com essa mudança tivemos que pernoitar em Tutoya para sair às 8 h no dia seguinte rumo à Parnaíba. Por indicação do Júnior nos hospedamos na Pousada do PC (Paulinho) R$40 por pessoa. IMG_6283 IMG_6282 IMG_6281 IMG_6280 IMG_6279O horário do último ônibus Tutoya/ Parnaíba é às 15:30 h, não deixando tanta mobilidade assim para sair da cidade.

À noite, jantamos no Johnny na rua principal da cidade,  fechada para veículos. Se localiza há 1 quadra da praça central e 2 de nossa pousada. Cerveja estupidamente gelada e comida bem servida com ótimos preços. O Jhony bomba na cidade!!

IMG_3252

6o. Dia – Tutoya/ Porto dos Tatus em Parnaíba via Delta. Show poder curtir essa natureza novamente.

IMG_6285 IMG_6288 IMG_6310 IMG_6312 IMG_6318 IMG_6320 IMG_6319 IMG_6321O traslado Porto dos Tatus/ Barra Grande custou R$200 o carro c/ o Fabio (chatoooo).

BARRA GRANDE 

IMG_6322

Fechamos a Pousada Rota dos Ventos (R$340 o quarto quadruplo e R$360 o quíntuplo).

IMG_6578 IMG_6324 IMG_6325 IMG_6326 IMG_6330 IMG_6331 IMG_6333 IMG_6336 IMG_6339 IMG_6340 IMG_6344 IMG_6346 IMG_6350 Café da manhã fantástico!

Sugestão de outras pousadas maneiríssimas: Ventos Nativos, Paraíso da Barra e Pousada do Fred (Tel: 86 3369-8140. www.pousadadofred.com). A BGK (Barra Grande Kite Camp – 86 3369-8019. Link: www.bgk.com.br) é a mais famosa, e também pioneira com o Kite Surf em Barra Grande. Bangalôs na frente da praia, bem legal!

Trabalho Brasil é um bar ao lado da BGK de frente pra praia, super bem transado e com coisas de comer e beber maravilhosas: Caipiroscas da hora c/ sorvete, Linguiça à milanesa, Pão Bragança (c/ linguiça), espreguiçadeiras com cerveja gelada, ótimos garçons e um dono de agradecer a deus!: Lucas, Jordânio e Benito.

Vista do Bar Trabalha BrasilIMG_6368 IMG_3265 IMG_3273IMG_6386 IMG_3271IMG_3274 IMG_3280 IMG_3284IMG_6387 IMG_6397 IMG_6414 IMG_6579IMG_6420 IMG_6566 IMG_6398IMG_6568

Sugestão para comer: Pizzaria da Pousada Rota dos Ventos, Manga Rosa, hamburgueria e Maoumé que tem uma Batata Rosti sensacional e que está localizado de cara pro Gol, no buxixo dos restaurantes e bares à noite. Mas atenção, todos os locais de comida fecham em torno de 23h e esticam mais um tempo pra beber, após meia-noite praticamente tudo fechado. No sábado estica mais um pouco.

 IMG_6571Maoumé!!

Comemos um belo caranguejo (R$15 c/ 3) na Barraca bem te vi.

IMG_3258Barraca de pescador simples. Comi o petisco de peixe e estava super bom, vem com 3 postas enormes. Essa parte da praia recebe ônibus de turismo bate e volta de Parnaíba, então o resultado é uma praia mais lotada, Mas por volta de 16h vai tudo embora.

O Kite Surf domina o local, é lindo de se ver. Voltei com vontade de fazer Kite Surf. Preços e local: Barraca do Broa; instrutor Kleber; Preço$150 mas ele fez por R$120 a hora. Pelo que percebi, precisa de pelo menos umas 5 aulas para conseguir subir na prancha, até esse ponto aprende a montar o equipamento, dominar a pipa, dominar a pipa na água e equilíbrio para subir na prancha.

Aulinha de Kite na área

IMG_6454 IMG_6456 IMG_6491 IMG_6545

A praia é linda e cheia de Pipas.

IMG_6351 IMG_6352  IMG_6356  IMG_6437 IMG_6355IMG_6438 IMG_6453IMG_6380IMG_6378  IMG_6381

9o. dia traslado Barra Grande/ Jeri R$600 em um 4 x 4 (O Fábio cobrava R$450, preferimos pagar mais caro em unanimidade).

Ônibus de Parnaíba pra sair de ou chegar em Barra Grande é somente pela manhã e na hora do almoço (R$13). Tem um “não oficial” chamado Guanabara à noite mas sem maiores informações.

TATAJUBA/JERI

Saímos de Barra Grande (Agência Rastro) às 9 h, passando por Tatajuba e atravessando de balsa por 2 rios pelo caminho até Jeri. Fretamos um 4 x 4 por R$600 (Barra Grande/ Jeri) indo pela praia e dunas. Super bacana.

Barra Grande/ Tatajuba

IMG_6597 IMG_6606 IMG_6608 IMG_6618 IMG_3304 IMG_3306IMG_6627IMG_6622IMG_3313IMG_3301 IMG_3319 IMG_3405IMG_3323 IMG_3329 IMG_3330 IMG_3339 IMG_3340 IMG_3341IMG_6634 IMG_6639

Tatajuba

IMG_6642 IMG_6643 IMG_6644 IMG_6645 IMG_6649 IMG_6660

Paramos para almoço no Rio Grande que é uma restinga entre a Lagoa de Tatajuba e o Rio Grande. Almoço no Toca do Kite (Tels: 88 99973-1780 Tim/ 88 9245-1433 Oi). Lindo o local e a comida uma das mais saborosas, pelo menos o camarão. Não foi muito barato, em torno de R$60 mas vem super bem servido.

IMG_6661 IMG_6662 IMG_6667 IMG_6670  IMG_3366IMG_6673IMG_3367IMG_6681 IMG_6685 IMG_3373  IMG_3377 IMG_3382 IMG_3383IMG_6687 IMG_6690 IMG_6691IMG_3394

Mas visualmente eu preferi a barraca do lado esquerdo, menos cara de ônibus de turismo.

IMG_6693

Rio Grande (Tatajuba)/Jeri

IMG_6698 IMG_6699 IMG_6701IMG_6704 IMG_6714 IMG_6718 IMG_6724 IMG_6727 IMG_6728 IMG_6731 IMG_6730IMG_6733 IMG_6736 IMG_6739 IMG_6740 IMG_6741 IMG_6743 IMG_3225IMG_6752 IMG_6753 IMG_6754    Jeri! IMG_3589

Chegamos em Jeri às 16h.

Demoramos para encontrar pousada pois Jeri estava cheia e as pousadas são caras. Mas tem pousadas mais econômicas também como a Pousada do Zé Patinha com a diária em torno de R$50 a cabeça com ar condicionado.

Pousadas com diárias em torno de R$70/R$80 que eu curti: Pousada Maurizio (Super bem localizada de frente pra Praça Central onde tudo acontece e super bonitinha (Tels: 88 9945-5005 Tim/ 88 8842-6306 Oi – www.pousadadomauricio.com) e Pousada Cas da Alice (Atrás da Maurízio, bem zen, curti!).

Capitão Thomaz (Tels: 55 3669-2181/ 88 3669-2221/ 88 8134-4786 Vivo/ 88 8819-2130 Oi/ 88 9926-0039 Tim – www.capitaothomaz.com.br), foi nossa escolhida, com piscina e super cool (R$472 a diária para Quíntuplo. Conseguimos um desconto na negociação). IMG_3511 IMG_3612 IMG_6880 (2)IMG_3611 IMG_3610  IMG_3561 IMG_3396 IMG_3397IMG_3578IMG_6878 (2) IMG_6882 (2) Café da Manhã… IMG_6884 (2)IMG_6883 (2)IMG_3552 IMG_6886 (2)

Festinhas: Forro com samba no morro (R$10) no Mistura Fina Espaço Serra Mar, às 2as feiras. E às 4as feiras rola Forró no Restaurante Dona Amélia (R$15 mulher R$20 homem), que também tem massas e pratos executivos a R$20, super deliciosos! IMG_3516 IMG_3517 IMG_3518 IMG_3514 IMG_3515

Todos os dias rola música ao vivo no Samba Rock Bar. Um bar super bem transado na praça principal de Jeri com uma decoração ótima, e a música é tudo de bom. A pizza também. Mas o som acaba a meia-noite infelizmente.

IMG_3407

IMG_3536 IMG_3538 IMG_3539

Loja da Fábrica do Biquini (Tel:88 99970-4464). Loja de biquini barata, vende as partes separadas com modelos lindos e tem tamanho super size. Super indicada.

Jantar foi na Serafim hamburgueria, pertence a uma carioca, fomos matar as saudades de nossos conterrâneos.

Infelizmente Jeri está turístico demais, prefiro lugares com menos gente e menos progresso. Tudo acontece na Praça Principal, ou pelo menos começa por ali. A Pousada Capitão Thomaz fica há 1 quadra da Praça.IMG_3401 IMG_3403 IMG_3402

Ao lado da Capitão Thomaz tem um ótimo restaurante Tamarindo, super romântico! IMG_3399 IMG_3400

10o. Dia fomos até a Lagoa Paraíso passando pela Lagoa Azul. Decidimos fazer este passeio de Quadriciclo e conseguimos negociar R$220 cada por um passeio de 5h: Pedra Furada, Lagoa Azul e Lagoa Paraíso.  Alugamos 3 quadriciclos para 5 pessoas.IMG_3408 IMG_3411 IMG_3413IMG_3470 IMG_3467 IMG_3460 IMG_3445 IMG_3444 IMG_3442 IMG_3532

IMG_6858 (2) IMG_6809 IMG_6814 IMG_6838 IMG_6853 (2) IMG_6807 IMG_6805 IMG_6801

Se quiser fazer o passeio de bugre, o preço do Bugre normal para 4 pessoas custa R$220 mas faria por R$180 para um passeio de 7 h. O bugre pra 5 pessoas custa R$350 (Lulu bugreiro – Tels: 88 99728-7053/ 88 99808-6319).

Quase surtei quando chegamos à Lagoa Paraíso e dei de cara com o Beach Club, um clube resort no meio das dunas de Jericoaquara, quase enfartei (e não foi pelo lado bom). Cade a natureza roots? Lugar caro, super estrutura, garçons batendo cabeça, R$50 2 espreguiçadeiras e 1 guarda sol, enfim… Triste pois esse Clube nada tem haver com aquele local.

IMG_6781 IMG_6779 IMG_6777 IMG_3473 IMG_3527IMG_3475 IMG_3479 IMG_3480 IMG_3478 IMG_3489 IMG_6761IMG_3491 IMG_3482 IMG_6763 IMG_3524 IMG_3521

12o. Dia – Dia de dizer tchau!!

Você pode contratar um traslado Jeri/ Fortaleza private em Hilux que custa R$600 para 5 ou 6 pessoas, e vai direto sem paradas ou troca de veículo. Este traslado também é vendido compartilhado que custa R$125 por cabeça. Tempo de viagem em torno de 4:30 h.

Outra opção é sair de jardineira até Tutoya e lá trocar de veículo para pegar um ônibus até Fortaleza, e custa R$60 o trecho todo (Tem saída às 13:30 h e 15:30 h – 6 h de duração, mas para nas agências no caminho).  Este traslado também pode ser feito VIP/ direto sem paradas, com saída às 9 h, chamado Guanabara (R$80 – 4 h de duração). Compra logo, lota!

Conseguimos uma 3a opção na Global Connection Agencia de Turismo (Tel: 88 99900-2109). Traslado Jeri/ Fortaleza (R$70), parando na Lagoa do Paraíso só que do outro lado do Beach Club em um local mais rústico como o local pede. O almoço acontece no sítio Verde e dá tempo de tomar banho na Lagoa. Mas para nossa surpresa quando chegamos lá, os preços eram iguais ao Beach Club. Resultado não almoçamos.

Saímos de Jeri às 9 h de Jardineira

IMG_3608, levamos 1 h até a Lagoa Paraíso. Tivemos de 10 h às 12:30 h para aproveitar o local. IMG_3609Viajamos mais 30 min até Jijoca de Jericoacoara (Tempo sem paradas Jeri/ Jijoca 1:30 h). Lá esperamos o ônibus que nos levou para Fortaleza (4:30 h). Neste local tinha um restaurante a kilo que aproveitamos e almoçamos super barato. O ônibus só começou a parar em Fortaleza nos hotéis, chegamos por volta de 19h em Fortaleza. Saltamos direto no Restaurante Coco Bambu da praia Beira Mar (Av. Beira Mar, No. 3698. Tel: 85 3198-6000) literalmente de mala e cuia.

IMG_3623 IMG_3621 IMG_3624 IMG_3627 IMG_3618 Amiga querida

Sugestão de pratos se tiver em grupo: Camarão Internacional e Camarão Mediterrâneo (Preço em torno de R$144,00 cada mas serve 5 pessoas fácil). Maravilhosos os 2 pratos!

Acabando a alegria e final de festa… O táxi Praia Beira Mar/ Aeroporto custou R$42. Até a próxima aventura!!

Curta se gostou e lhe foi útil esse Post!!

Até breve!!!

Image

TREKKING EM IBITIPOCA

IMG_0954 IMG_6513

Bom… Já estive algumas vezes no Parque Estadual do Ibitipoca mas havia tempo que eu não ia exclusivamente para caminhadas. Não lembrava a sensação de liberdade e de conquista que se sente ao conseguir chegar nos locais mais longínquos do Parque. Super indico! Então venham que irei contar a vocês todos os lugares que estive.

Chegar em Ibitipoca do Rio são mais ou menos 4 h de viagem. A estrada BR-040 que chega até Lima Duarte é uma ótima estrada, em compensação tem 3 pedágios de R$9,00 cada, na ida e na volta. Quando saímos da BR e pegamos a RJ-246 (acho) em direção a Lima Duarte, que começa a complicar. Essa RJ é boa mas é mão e contra mão e os caminhões não são os mais educados diga-se de passagem, ainda mais na madrugada como costumo ir. Lima Duarte fica há uns 30 min de Juiz de Fora.

Deste ponto da BR-040 indo por Lima Duarte leva-se em torno de 1:30h até Conceição de Ibitipoca. Conceição de Ibitipoca fica há 30 km de Lima Duarte município ao qual pertence, de pura e doce estrada de barro com algumas partes com pavimento que parece um paralelepípedo.

Estrada só para os fortes, e olha que já foi bem pior. Essas partes com pavimento são somente nas partes mais íngremes e não acredite no sorriso de um gato, quando você menos espera surge ele: Um buraco!

Dessa vez me hospedei na Repousada. Um preço ótimo super perto do Centro. São chalés para até 4 pessoas. Se liga na 4a cama que é em cima da 3a cama, como se fosse uma ponte, quando está sendo usada ela abaixa, então se tiver alguém com sensação claustrofóbica não dá para 4 num chalé.

Outro ponto de atenção, não aconselho a pessoas com alergia. Minha amiga quase morreu lá, apesar que tinham mais 2 alérgicas que não sentiram nada, mas os chalés e cobertores tem muita poeira acumulada. O café da manhã é sensacional! E a localização também, super perto do centro. O preço foi ótimo pagamos cada uma num chalé triplo R$270,00 para os 4 dias. Tem uma piscina e um salão de jogos fantásticos. Eu super indico a pousada mas não sou alérgica.

IMG_3614IMG_0973

Da outra vez fiquei na Pousada Mãos de Maria. Também super limpa, café da manhã bem gostoso mas é mais simples e não tem piscina. Super indico para pessoas que querem ficar bem mas com preços mais barato. Eles são super bons de jogo para grupo no mesmo quarto. Também tem uma localização maravilhosa dentro da cidade. Não tem estacionamento, tem que parar na rua em frente, mas não tive problemas com isso.

Parque: Durante a semana são permitidos a entrada de 300 pessoas/dia e custa R$10,00 por pessoa e estudante paga meia. Carro custa R$20,00. Final de semana são permitidos 800 pessoas/dia e custa R$20,00 por pessoa e estudante paga meia. Carro não sei se aumenta pois não consegui entrar em nenhum dia do feriado, só no 1o. dia pois chegamos às 10:30h e as vagas já estavam lotadas. São 50 carros dia e não adianta chorar para entrar que eles não deixam, só deixaram um amigo meu entrar por que a esposa estava grávida e ele estava com a mãe. Então se quer estacionar dentro do Parque precisa acordar cedo.

Comida: Os restaurantes de comida a quilo são os melhores, mas normalmente já estão fechados quando agente chega do Parque. Comi em alguns bons mas não anotei o nome. Tem um ótimo na frente da Igreja do Rosário que é a quilo e é comida mineira, na frente da ladeira que desce em direção ao Shopping. Tem um quilo que fica aberto até mais tarde na frente do Ibitilua, mas eu não comi lá. Tem um pastel super gostoso no Shopping que vale a pena. É, acreditem! Tem shopping em Ibitipoca e pior… É o único lugar hoje em dia que fica aberta com uma certa night.

Em falar em night para os amantes da madrugada, após encerrar todos os locais no centrinho, existe a possibilidade de ir no Bar da Firma, um bar super alternativo que só abre na madrugada. E acredite, só abre na madrugada, mesmo que todas as informações sejam contrárias a essa, ele só abre na madrugada. Vi várias pessoas voltarem e dizer que estava fechado. E depois ouvia alguém dizer que esteve lá.

Passeios no Parque (The Best)!! Existem 3 roteiros: Circuito da Águas 5km; Janela do Céu 14km e Pico do Pião 10km.

IMG_8356

Circuito das Águas

Existem 2 possibilidades de começar o Circuito das Águas: As duas começam em frente ao restaurante do Camping como a maioria das trilhas. Pode começar indo pela direção do Lago dos Espelhos que é a mesma trilha que o Pico do Peão ou começar descendo o paredão de pedras. Eu prefiro começar descendo a ladeira circulando o paredão de pedras por uma simples razão: Essa ladeira pra subir é sinistra de íngreme e eu sempre morro subindo. Isso é uma dica, pode-se começar por ambos os lados. Se for nessa direção você fará: Lago das Miragens; Cachoeira dos Macacos; Ponte de Pedra; Os Mirantes; Lago dos Espelhos; Lago Negro e Ducha. Vamos lá?

Eu fiz ao contrário por preferência de uma amiga e novamente me arrependi kkk Mas foi sensacional como sempre…

Perto do Camping, e não é caminho de nada, fica a Gruta dos Coelhos. Super vale a pena, tem muitas salas esta gruta para os amantes de grutas. Dica do Dia: LEVEM LANTERNA!! Super essencial para desbravar as grutas e tem muito o que desbravar dentro delas. Fantástico!!

IMG_3616IMG_3623

Começamos o tour pela visita na Ducha e no Lago Negro. São fantásticos!!

IMG_3631IMG_6446IMG_3630IMG_0950IMG_0949

LAGO NEGRO

IMG_8369IMG_6459IMG_0968

LAGO DOS ESPELHOS

IMG_3642IMG_3645IMG_3649

Próximo passo é a Ponte de Pedra. Existe uma entrada pela Prainha logo que sai do restaurante, mas o ideal é entrar pelo começo da Ponte que fica mais acima, então quando retornar da trilha do Lago dos Espelhos e cair na trilha principal novamente, siga para a esquerda continuando a subir como se fosse para o Pico do Pião. Logo a frente no máximo uns 600m terá uma bifurcação com placas.

PONTE DE PEDRAS

IMG_3654

A Ponte de Pedra não tem erro pois é praticamente uma reta com vários mirantes no seu percurso. Leve remédio pra mosquito principalmente se no dia anterior ou no mesmo dia choveu. Protetor solar também! O ventinho é gostoso mas queima! A previsão do tempo era chuva forte para este final de semana e no final do 1o. dia o sol já estava dando “Bom dia” e não sumiu mais… Gratidão pelo ótimo tempo que tivemos!! Tempo ruim só no 1o. dia.

IMG_3656IMG_3660IMG_3668IMG_3667IMG_3674IMG_3676IMG_3669

Nesse Ponto que se localiza quase em cima da Ponte de Pedra, você segue para a Cachoeira dos Macacos. Para retornar da Cachoeira dos Macacos em direção ao camping, você retorna até este ponto e vai em direção a Ponte de Pedra para passar em cima da Ponte e conseguir pegar a trilha para retornar ao Camping. Essa trilha mesmo que eu super indico que não suba por ela, e sim que comece a trilha por ela. Conselho de amiga!

Outra dica importante que descobrimos lá de uma amiga que é guia, pena que só descobri depois de ter feito este circuito. Ao invés de voltar para cruzar a Ponte de Pedra por cima, você pode ir pelo Rio pelas Pedras e passar por debaixo da Ponte. Cara isso deve ser demais! Cruzamos o tempo todo com grupos subindo e descendo pelos rios. E depois segue pela mesma trilha para retornar ao camping.

Esse mirante antes da Cachoeira dos Macacos é fantástico e dá para tirar fotos incríveis.

IMG_3697IMG_3683IMG_3695IMG_0959IMG_3682IMG_3700IMG_3704IMG_3711

Na volta temos outros mirantes divinos…

IMG_3728 IMG_3724 IMG_3725 IMG_3727IMG_3730

LAGO DAS MIRAGENS

  IMG_3734 IMG_3733

Agora 550 Mts ladeira acima….Uff!!

2o. Dia

Janela do Céu nos espera… Pelas placas são16 km todo o percurso dando a volta pelo Parque, mas acho que não chega a isso tudo não… Talvez uns 14,5 km…

Preferimos começar a trilha pela entrada perto da portaria do Parque ao invés de começar pela trilha do restaurante do Parque por 2 bons motivos: Encara a pior ladeira logo de uma vez enquanto está mais descansado e as cachoeiras ficam na parte de retorno depois da Janela do Céu sendo compensador depois de andar em torno de 7 km. E também é a parte do Parque mais vazia pois muitos vão e voltam pela trilha do Restaurante e não dão a volta no Parque.

Bom… Olha o que nos espera no 1o. metro de ladeira?!

IMG_3737  IMG_3740

Bom até a Lombada que é o Ponto mais alto do Parque temos uma caminhada “leve” de 3.800 m e para o primeiro atrativo quase 2 km… Então vamos lá, muito o que subir… Em Ibitipoca até quando desce tem ladeira, então prepare-se!!

IMG_0955

GRUTA DA CRUZ

IMG_3741 IMG_3745 IMG_3748  IMG_0952 IMG_3751 IMG_3752IMG_3755IMG_3760

LOMBADA – 1.784 m Altitude

Só para esquentar…

IMG_3761

IMG_3763IMG_3773  IMG_3774 IMG_3769

Continuar é a regra!!

IMG_3782

GRUTA DAS MOREIRAS

IMG_3795 IMG_3785 IMG_3787 IMG_3793 IMG_3789

Cade a lanternaaaa!!! kkkk

IMG_3796

A Gruta dos Fugitivos e a Gruta dos Três Arcos são a mesma gruta, então dica do dia, entre pela mais perto que é a Gruta dos Fugitivos, economiza energia e seus pés!! Você consegue atravessar por dentro dela e sair na outra. Parece que tem água mas não tem pode ir sem medo, pelo menos nessa época do ano kkk. Claro que dá um medinho mas pode ir com fé que é uma experiência muito legal e engraçada.

IMG_3799 IMG_3802IMG_3805  IMG_3811

Vamos avante que ainda não chegou nem na metade da trilha!! Outra dica… Faça com botas apropriadas, fazer esta trilha de tênis dá, claro que dá, mas como o tênis não firma seu pé dentro do calçado e lá o solo é totalmente sedimentar e ondulado e claro com muitas descidas, seu pé no final do dia tá com a ponta dos dedos que não pode encostar no lençol, e doe muito na trilha por essa razão. Acreditem, as descidas são muitoooo pior que as subidas. Você força muito mais seu corpo para não rolar ladeira abaixo kkkk.

IMG_3797 IMG_3816

Ladeira abaixo… Janela do Céu somente há 1.600 m… Chegandooooo!!!

Quando chegar nesta placa abaixo, vá primeiro à Janela do Céu, pois a trilha continua pela Cachoeirinha. Não sabíamos disso então fomos primeiro na Cachoeirinha e depois tivemos que voltar para ir na Janela do Céu e depois retornar a trilha principal passando novamente pela Cachoeirinha.

IMG_3819

JANELA DO CÉU

IMG_3833 IMG_3834  IMG_3839 IMG_3836IMG_3838IMG_3835IMG_3848IMG_3843 IMG_3849 Pra mim uma das mais bonitas cachoeiras do Parque, super vale a pena… Mas fica lotada se for num feriado. Mas dá pra curtir se tiver paciência até por que a água é gélida nas cachoeiras e poucos entram na água então é só esperar um pouquinho que daqui há pouco esvazia. Mas é linda!!

CACHOEIRINHA

Linda e ótima para tomar uma ducha, doe até a cabeça… Muito maneira!!

IMG_3821 IMG_0953 IMG_3823 IMG_3826 IMG_3829 IMG_3828

Depois disso… Pé na estrada que tá na hora de voltar!!

IMG_3853 IMG_3855 IMG_0948

Na trilha de volta já estava ficando escuro então decidimos deixar a Gruta do Monjolinho que fica no caminho para o dia seguinte. O nome é Gruta mas tem uma cachoeira linda junto. Super vale a visita!!

Começamos esta trilha às 10:30h e chegamos no restaurante do Camping por volta de 17:30h. O ideal é começar um pouco mais cedo até para pegar as trilhas mais vazias.

E para finalizar que ninguém é de ferro….

IMG_3856

3o. DIA

PICO DO PIÃO – 10 KM

A trilha começa pelo restaurante do Parque/Camping. E é super bem sinalizada.

Na primeira parte da trilha que é comum a trilha da Janela do Céu, tem uma ladeira de 300 Mts de barro que é sinistra!!! Ela sobe e desce. Já era a 3a. vez que estávamos passando por ela e eu ainda não tinha me acostumado, ela é tão sinistra que a descida é pior que a subida. E pior, você vê a outra ponta que você terá que subir quando ainda nem desceu kkkk.

Então dica do dia… Pare na Gruta do Monjolinho que fica no meio da ladeira para um banho que vai ser muito mais fácil de subi-la independente da direção que você venha.

GRUTA DO MONJOLINHO

IMG_3859 IMG_3857

PICO DO PIÃO

IMG_3944

Bom… O que dizer da subida ao Pico do Peão… Até a placa abaixo são 1.000 Mts de intensa ladeira que eu parei umas 5 vezes me perguntando o por que eu fazia aquilo comigo kkkk Mas super vale a pena!!

IMG_3861 IMG_3864 IMG_3866

Sobe um pouco mais e vai encontrar a Gruta dos Viajantes.  Até este ponto você deve ter caminhado em torno de 1.600 Mts, chega morto e encontra esta vista que até esquece…

IMG_3873IMG_3874 IMG_3875

Bom… Esquece até o ponto que se depara com uma pequena escada…

IMG_3881 IMG_3912 IMG_3884 IMG_3888IMG_3890  IMG_3898 IMG_3902 IMG_3906

Essa Gruta é demais!! Super vale a pena cada degrau que desci e claro que subi…

PICO DO PIÃO 

IMG_3915

Enfim… Chegamos? Ainda não… Olha o que nos espera!!

IMG_3917IMG_3919 IMG_3916 IMG_3922 IMG_3935 IMG_3927       IMG_3931 IMG_3943 IMG_3939

É muita paz, como subimos tarde demos muita sorte só tínhamos nós lá! Paraíso total!! Ouvia-se até nossos pensamentos. Levamos vinho e cachacinha com mel e queijo, um verdadeiro queijos e vinhos! Super recomendo.

Mas recomendo também ficarem de olho nas nuvens e no relógio. Nós começamos a trilha por volta de 13:30h, bem tarde para uma trilha dessas. Chegamos ao Pico por volta de 16h. Os guardas recomendam não ficar no Pico quando tem nuvens negras por causa de raios pois é o 2o. ponto mais alto do Parque e não tem árvores maiores que você lá.

Estávamos começando a nos preparar para descer quando avistamos uma nuvem bem negra não muito longe. Decidimos descer antes do tempo e não havíamos chegado no final da escada do Pico e a nuvem já tinha alcançado agente. A nuvem começou a tomar conta do Pico e nós ainda tínhamos toda a ladeira para descer. E sem lanternas!!

Uma coisa é descer com o sol se pondo mas com o tempo aberto, outra é descer com o sol de pondo mas com uma nuvem mega tampando o céu. Nunca vi uma nuvem chegar tão rápido a um local, isso me fez entender quando agente ouve que o tempo virou repentinamente.

Na trilha do Pico do Pião até chegar ao restaurante no Camping, tem duas situações onde tem que virar no caminho e pegar a direção correta. Fiquei apreensiva de ficar escuro e não enxergarmos a direção nas placas. Cade a lanternaaaaa? kkk Bom aprendizado do dia… Começar a trilha mais cedo ou levar uma lanterna.

Bom, deu tudo certo, chegamos no Restaurante quase 18h e praticamente escuro. Bom, ainda tínhamos que andar até fora do Parque onde o carro havia ficado estacionado, e pior, lembramos que a ladeira de barro não havia sido a última ladeira… No caminho para a portaria do Parque tem outra ladeira sinistra, mas essa normalmente se passa de carro… Mas não dessa vez… kkk

Bom aventura é assim, saímos já noite do Parque mas abriu uma lua crescente linda que iluminou nosso caminho até o carro. Tudo de bom!!

Estarei em Ibitipoca em agosto deste ano para o Ibitiblues Festival, então desta vez vou fazer o passeio 4 x 4 por fora do Parque (R$100,00 por pessoa) que vê a Janela do Céu de frente, para economizar energia e talvez faça um passeio dentro do Parque mas com Guia, acho que pode ser legal até por que sei que dentro do Parque tem várias cachoeiras que não estão no mapa do Parque por proteção canalizando os turistas somente para algumas.

Se precisarem de ajuda procurem a agência da Ana Paula. Existem só 2 agências na cidade, uma fica dentro do Shopping e a dela fica na calçada do Ibitilua que é a mesma calçada que o Shopping, seguindo em direção ao Parque. Aliás quase tudo em Ibitipoca se localiza nesta parte da rua.

Espero que eu tenha ajudado e até agosto com mais aventuras em Ibiti!!!

Image

Morro de São Paulo e Boipeba

P1040328 A última vez que estive em Morro foi há pelo menos uns 9 anos e a 1a. vez foi há uns 25 anos, enfim sabia que iria encontrar tudo bem diferente mas definitivamente desta vez a situação se superou… Vamos lá a mais uma aventura: Ano Novo 2014 em Morro!

A viagem começou saindo do Rio de Janeiro chegando por Salvador, nosso vôo chegou em Salvador às 10:15h. O táxi do aeroporto para o Ferry Boat custa R$100,00 (em torno de 50min) e pode ser pago no cartão desde que comprado dentro do aeroporto. Conseguimos rachar o táxi com um Israelense que se encontrava no aeroporto, facilitando o investimento.

Chegamos ao Ferry Boat que vai para Bom Despacho/Itaparica onde o tíquete custa R$5,00 por pax. Conseguimos pegar o Ferry Boat de 11:30h.  A viagem foi perfeita e dura 1h. IMG_1208

Chegando em Bom Despacho pegamos um ônibus para Valença. O Guichê do ônibus fica logo na saída do Ferry Boat e o ônibus só sai quando lota, pelo que percebi o funcionamento do ônibus é de acordo com a chegada e saída do Ferry Boat.

Um ponto importante: o ônibus não tem ar condicionado e leva 02:30 h até Valença, “cata corno” até lá. Mas custa R$17,00 e aceita cartão de débito. Duas empresas fazem o percurso e me parece que pela Ása Branca o ônibus é melhor e mais confortável, não sei se é mais rápido, mas como só tinha horário 1h depois, não indaguei nem fiquei para ver…

Chegando em Valença, pede pro motorista do ônibus te deixar no último ponto perto do Porto, pois ele vai pra rodoviária e é mais longe. Mas deste ponto até o porto anda um pedaço não muito grande, se tiver com mala pesada vai ficar complicado.

Fomos nesse trajeto de 3 transportes por que queríamos chegar em Boipeba direto e no mesmo dia. Indo via Morro de São Paulo teríamos que dormir lá e ainda pagar R$75,00 para ir de 4 x 4. Tem a opção de tentar ser levado por algum passeio que tivesse vaga, indo para Boipeba, pois não tem trajeto oficial via barco de Morro para Boipeba e vice versa. Muitos vão de Morro para Valença e em Valença pega o barco para Boipeba.

Em Valença as coisas não funcionam como deveriam, funciona do jeito que eles querem. Em um dia tranquilo acho que até funciona mas em um feriado de ano novo, ficou difícil.Várias pessoas reclamando que compraram o bilhete e deu over booking. Podem imaginar over booking em Valença interior da Bahia?? Tem que ficar esperto e tomar o lugar na fila pra entrar no barco logo. Tem 2 tipos de ingresso, com lancha rápida e com lancha e ônibus. Dica: Pergunte bem antes de comprar qualquer transfer lá.

Compramos os tíquetes que custaram R$39,00 na lancha mais rápida e última que sai às 16h (Duração:40 min até Boipeba). A dona da pousada em Boipeba disse que em alta temporada tem lancha até às 18h mas fomos dia 25 dez e nada até então. Duração até Boipeba foi de 1h.

Ficamos hospedadas na Pousada Casa Verde, fica localizada no quadrado de Boipeba, super bem localizada. Ficamos em um quarto para 4 e custou R$557,50 por pessoa para 5 diárias (Saiu um pouco mais barato pois ficamos em um quarto quadruplo de 28 a 30dez). IMG_9794 A Dna Maria dona da pousada é uma fofa e trata agente como filha. Amei a pousada e o custo benefício. O café da manhã é simples mas super direcionado ao local e a viagem, comidas locais, frutas, queijo etc. Super recomendo!!

Boipeba é diurna, a vida noturna acaba às 23h. Alguns lugares ameaçam organizar festas, mas não consegui ir a nenhuma que fosse boa. Tentamos ir ao Forró em Moreré mas o último trator sai por volta de 20h, depois só quando vem de Moreré para Boipeba e ai complicado saber ou esperar.

A minha visão é que Moreré é mais alternativo e mais atrativos noturnos como o Forró, um lugarejo mais jovem. Boipeba é mais casal e família. Dorme cedo…

Na curva da Praia da Boca da Barra existem 4 bares um ao lado do outro contornando a costa da praia, e o lugar é fantástico para

ver o Por do Sol de lá. P1040318Fomos no Kiosk Nascente do Sol e o garçom que nos atendeu foi o Cláudio, super gente boa, mas todos são simpáticos.

A comida (quando tem) é fantástica e a casquinha de siri melhor ainda. Mas na hora do almoço fica muito cheio, o ideal é ir depois mas corre o risco de várias pratos terem acabado. Mas eles dão um jeito de te agradar de qualquer forma.

Um pouco antes desta ponta com os bares, fomos a um bar que rola uma fogueira a noite fantástica. Vale conferir, não lembro do nome mas se chegar vai descobrir…IMG_1246P1040301 IMG_9796

Descendo do quadrado e indo para a direita, você passa por todas as praias. Seguindo pela Praia da Boca da Barra que é a 1a praia, IMG_9893 IMG_9898 tem várias pequenas praias no percurso de mais ou menos 1,5km pela mata, até chegar na Praia de Tassimirim.P1040283 IMG_9925

IMG_9872

IMG_9883 IMG_9890

Ela é anterior a Praia de Cueira, para mim a melhor praia de Boipeba. No início tem um bar que é parada de barcos e fica bem cheio. Um pouco mais a frente tem umas barracas de madeira de pessoas locais que vendem cerveja e comidinhas. Ficamos lá direto e ai esquece-se da vida!! Paraíso!! De Boipeba até Cueira deve ter em torno de 3km.IMG_9923 IMG_9874IMG_9867

Se quiser chegar a Moreré pela praia é só continuar pela praia, atravessar um riacho no final de Cueira, atravessar uma fazenda e já está em Moreré. IMG_9844Fomos pela praia e voltamos de trator.

 

 

 

As praias em Moreré são menores e tem menos areia. O lugarejo em si é uma graça, super aconchegante. O percurso de Boipeba até Moreré tem em torno de 6km.

IMG_9836 1c63d-2012-10-2115-42-55   Para quem gosta, vale a pena caminhar um pouco mais e ir à Praia do Bainema. Bem parecida com Cueira, longa, com bastante areia, linda! Mas tem somente 2 barracas bem precárias.IMG_9823

Boipeba e Moreré são fantásticas, mas com certeza se eu voltar algum dia, ficarei em Moreré. Preocupação agora era conseguir ir para Morro de São Paulo. Não tem nenhum barco oficial para lá. Então o sobrinho da Dna Maria que trabalha como guia conseguiu um passeio que trazia passageiros de Morro para visitar Boipeba e iria voltar e tinha vaga. Pagamos R$40,00 cada. Mas conhecemos pessoas que estavam indo para Valença e pegando um barco para Morro.

Ainda aproveitamos o retorno do passeio que parou em um bar flutuante que fica no meio do Rio. Bem interessante.

IMG_9938 IMG_9947 IMG_9944

Conseguimos chegar em Morro, e como já era esperado sofri o impacto de sair de um lugar fantástico e com a sensação de interior, para entrar em um lugar muvuca total.

Morro eu diria perdeu a essência do local que um dia foi. Está sujo, mal tratado e com aspecto de cidade grande. Morro é sempre Morro, mas para quem deseja um local mais rústico, decididamente não é lá o local. Muita música eletrônica, muito gringo, muita música baiana e muito mais.

Paga-se uma taxa para entrar na ilha de R$15,00.O Portal de Entrada é um dos melhores locais para ver o por do sol, é fantástico!! IMG_1234IMG_0002 Ao lado do portal tem um bar que é muito maneiro onde você pode sentar e também deliciar o por do sol com muitas caipirinhas.

Viagem dura para chegar, nada como um ótimo jantar… Merecido. Comida boa e ainda aceita Visa Vale. Seguindo pela praça de quem vem do Portal de entrada da Ilha, é só atravessar a praça e seguir direto num beco sem saída (ao invés de seguir pela rua principal em direção a 1a praia). O restaurante é uma pensão caseira no final do beco.

IMG_0010IMG_0008

Para se conseguir hoje em Morro uma praia mais vazia precisa passar da 4a praia e muito. Precisa andar de 1,5 a 2km para conseguir uma praia mais vazia. Mas para quem gosta de praia com barracas a 2a praia é perfeita.IMG_0014 Na 2a praia as cadeiras espreguicadeiras que ficam na frente na água com guarda sol estão sendo cobradas e não é barato. Acho que R$20,00.IMG_0019

Ficamos hospedadas na Pousada Bizu Beach, super bem localizada. Sentimos a diferença de tratamento que tivemos em Boipeba para o tratamento que tivemos em Morro. O café da manhã nem sempre era reposto, tivemos problemas de prometerem frigobar e na hora não tinha. Alguns detalhes que fazem a diferença, mas o quarto era bom. O valor ficou em R$2.100 por 4 pax por 4 diárias.

Na praia ficávamos muito em um bar que não me recordo o nome, mas passando a 3a praia tem uma ponta e logo depois ao virar para a 4a praia vem este bar, todo de madeira e sape. Ele é grande impossível de não ver. O atendimento é fraco mas o local bem legal e relativamente perto e sem tanta muvuca da 2a praia.

IMG_1261 IMG_1258

Andando mais 1km existe um hotel, deve ser na 5a praia, que só tem ele, é na Praia antes do Resort da 6a praia. O serviço é muito devagar mas a praia é vazia tem pouca pedra e ainda tem espreguiçadeira e cadeira com barraca. Bom custo benefício.IMG_0085 IMG_0081

No meu entender Morro deve ser muito bom para ir fora de temporada. Ano Novo estava muito cheio, parecia Porto Seguro.

Um local que não pode deixar de conhecer é a Toca do Morcego. Conheci como um casebre em cima do morro que rolava um delicioso Forró e hoje paga-se para entrar, enfim parte do progresso mas o local ainda tem seu charme. A noite tem “rolado” boas festas.P1040385P1040390 P1040402

O ano novo me surpreendeu, com muitos fogos mas com muitas pessoas também. Isso não foi motivo para estragar, pelo contrário, deu a sensação de Praia de Copacabana (risos) mas senti falta de um local pós virada de ano, com uma boa música como um forró ou algo neste estilo.

IMG_0024IMG_0052

IMG_0031 Feliz 2014!!

Que 2014 seja grande e cheio de alegrias para todos! Aliás, cheio de boas viagens como esta…

 

 

8o. Encontro Nacional das Acervas – Curitiba

Bom… Este post é uma homenagem a uma grande amiga que é uma grande conhecedora de cerveja, uma somellier. Ela tem como hobby (que bom!!) me fazer gostar de cervejas diferentes pois para profundo desgosto dela, a minha preferida hoje é Itaipava… kkk e desgosto de muitos.. kkk

Fui convidada para ir no 8o. Encontro das Acervas em Curitiba. Na época pensei “bom… apesar de não gostar deste tipo de cerveja acho que pode ser legal”. E foi uma viagem mais do que incrível, superando todas as expectativas.

Saímos do Rio de Janeiro na 5a feira dia 30 maio no feriado de Corpus Christ.  Voo perfeito. A 1a. dica é: os vôos diretos para Curitiba tanto Gol quanto Tam só saem do Galeão, do Santos Dumont sempre irá ter conexão em algum outro estado.

Chegando lá como fazer? Táxi, ônibus, Van… O táxi do aeroporto de Curitiba até o Centro custa em torno de R$70,00 dependendo do taxista, isso por que o aeroporto fica em outro município, onde cobram taxa de retorno. Se não me engano de 30% a mais.

Para quem quer economizar, na porta de saída do aeroporto tem um ônibus executivo (cor cinza) que custa R$12,00. Peguei esse ônibus saltei no 2o. ponto que fica no Centro da Cidade e de lá peguei um táxi que custou R$8,00 até nosso hotel, que se localizava no Centro Cívico. O ônibus executivo do aeroporto não passa no Centro Cívico, só perto. A dica do melhor local para se hospedar em Curitiba foi se hospedar no Batel, onde há bares, restaurantes e night.

Nem conseguimos chegar lá, escolhemos o Centro Cívico pois era mais barato e perto de um dos bares de cerveja que iriamos visitar, enfim, descobrimos com o tempo que os melhores bares de cerveja não só eram perto como na nossa rua… Radar funciona!

Ficamos hospedados no Ibis Centro Cívico, na Rua Mateus Leme, custo benefício perfeito! Dica do hotel: Para que o elevador funcione você precisa colocar a chave em um compartimento no painel dos botões dos andares, e claro, a recepcionista não avisa esse pequeno detalhe. Para minha sorte havia um outro hospede no elevador que facilitou a cara de idiota que eu estava tipo “o elevador não funciona”…

O primeiro passeio foi conhecer 5 bares em Curitiba, o Pub Crawl. Foi bom mas claro não saímos do 2o. bar, acho que não preciso explicar por que… “El problema es la copita!!”  Encontramos o pessoal do evento direto no 1o. bar que se chama Cervejaria da Vila.  O bar não é muito grande, mas é bem aconchegante e é uma gracinha. Quando o grupo do evento chegou foi uma invasão, o bar não estava preparado para receber aquele número de pessoas, enfim foi engraçado para não dizer estranho. mas até este momento estava bem legal, com uma música ao vivo rolando, gente bonita, lugar agradável. Recomendo!

DSC06929

O 2o. bar era bem inusitado, o Rop´n Roll. Tem uma cervejaria dentro do bar, e um espaço ao ar livre mega maneiro. Mas também não estava preparado para receber tanta gente. Várias cervejas e uma comida boa. Conheci pessoas muito queridas…

DSC06931DSC06934DSC06966

The day after…DSC06936 Onde um amigo nos fez acordar às 7am!! Mas por uma ótima causa, inicia-se o 2o. passeio, onde visitamos  3 micro cervejarias. Medo!! Isso eram 8 am!!

A primeira cervejaria a visitar foi a Asgard, cerveja principal era a pilsen. Bem básica até para mim.DSC06944

Seguimos para conhecer a BodeBrown…

DSC06940

Fomos recebidos pelo Samuel, um dos donos da BodeBrown. O Samuel iniciou a visita com uma palestra sobre a cervejaria e sobre uma nova postura de união em prol do crescimento das micro cervejarias no Brasil, foi bem bacana. Samuel, grande figura e muito prazer em ouvi-lo. Pioneirismo, união, simpatia e sabe onde quer chegar com seu idealismo.

Experimentamos 3 tipos de cerveja, a 1a. de trigo me surpreendeu total! Leve, saborosa e deliciosa. A 2a. uma cerva escura de café. Show! E por último a mais gostosa e bela história “Amor”, que ele fez em homenagem a sua esposa, história bonita… Vale muito a pena efetuar uma visita a essa cervejaria.

DSC06946DSC06947DSC06948  Após a BodeBrown fomos visitar a última cervejaria, nesta altura nosso guia da Acerva do Paraná estava tirando a “calça pela cabeça” de estressado com a hora. Bom, mas ele deveria saber que juntar um monte de cervejeiros e fazer as visitas em 30 a 40 min!! Só ele acreditou nesta possibilidade. A menos cervejeira era euzinha, imagina o resto da galera…

A 3a cervejaria foi a Bier Hoff, degustamos 3 tipos de cerveja e sabe que gostei de todas! Acho que a injeção de provas está fazendo efeito.

DSC06953 DSC06951

Depois das visitas, almoçamos em um restaurante especializado em costela, onde a costela de boi é feita inteira em uma grande grelha em cima do carvão, metade de um boi rodando até assar. Tenho que assumir que apesar de bem gostosa, me deu um certo nervoso ver, dava perfeitamente noção da dimensão do boi ali.

Depois fomos caminhar no Jardim Botânico para conhecer o Palácio de Cristal.

DSC06960  DSC06957

Também fomos no teatro Ópera de Arame, outro ponto turístico, mas sinceramente longe e nada demais que valha andar tanto.

A noite fomos no Bar Mercearia Fantinato onde comemos uma Carne de onça, um prato que parece quibe cru, mas tem uns temperos diferentes e estava uma delícia. O garçom mistura a carne e os temperos na sua frente, e faz com uma agilidade surreal. Prática!! Vale a pena. Com uma mostarda preta fica divino. Bar simples mas com ambiente bom e comida gostosa, a arquitetura junta aparelhos domésticos antigos a toca discos e assim vai, estilo boteco meio antiquário que não vende nada.

Todos os 4 bares que falo neste post todos são na rua do nosso hotel o Ibis Centro Cívico, na Mateus Leme.

Depois fomos para o Rop´n Roll, “bater ponto” e continuar degustando as cervejas “diferentes” como eu como boa leiga chamo. Decidimos ir para o Cross Road, achávamos que era um barzinho ou pub, algo sem muita energia. A parada é muito maneira, rola um show divino, o cantor tem meio metro mas manda bem, parece que toma conta de todo o local, além de muita gente bonita e cerveja gelada.

No sábado foi a festa principal do evento, que começava a partir de 12am. Festa irada! Conhecer a galera deste evento foi muito bom, pessoas interessantes, inteligentes e claro cervejeiros!! Perfeito! Bebi muitas cervejas diferentes, e infelizmente decorar todos aqueles nomes e tipos mega diferentes para contar a vocês fica difícil, claro que não consigo lembrar depois… Mas de uma coisa eu sei, voltei decididamente “mais facinha” para cervejas “não produção em massa”. Essa festa só me confirmou o quanto é maneiro conhecer pessoas novas e conversar diferentes assuntos que não fazem parte do seu dia a dia, pessoas queridas…

184440_10151603155398186_1772424826_n

Mas vamos ao que interessa, a festa tinha várias comidinhas, estavam bem gostosas, e um fato bom foi que não faltou comida na festa, ponto importante numa festa que você começa a beber as 12 badaladas do final da manhã. Muita cerveja caseira… Claro que o evento teve alguns contratempos. O ônibus do transfer in/out acabava junto com o término do evento, e foi uma briga para conseguirmos voltar, e o local da festa era mega longe.

295552_10151650492206940_854676806_n934660_10151603155543186_1646938559_n935415_10151603155438186_1823162804_n935639_10151650493171940_194436714_n9787_10151650495326940_299009742_n

Bom, ao final tudo deu certo e depois fomos para o Cross Road finalizar a noite. Muito bom, mas estava bem mais cheio. Preferi a música e o grupo do dia anterior na 6a feira, mas valeu a noite.

Perto do Hotel tem a praça Garibaldi, seguir a Mateus Leme duas quadras na direção dos carros e virar na Rua Claudino dos Santos e seguir reto. Aos domingos rola uma feirinha maneira de comidas e coisas a vender tipo artesanatos e afins. Também se encontram vários restaurantes bacanas de ir. Bem legal para almoçar. Não fui lá a noite.  Na 1a. quadra da Mateus Leme havia um boteco rolando um sambinha bom demais, recomendo.

Domingão, esperando o dia finalizar para retorno. Aprendizado do dia, em um próximo evento caso não tenha nenhum evento mega maneiro, compre uma passagem no início do dia para retornar pra casinha cedo, Curitiba não tem tanta coisa a fazer assim. Até a próxima viagem…